Você Devia Ser Slashie

Você ama Moda, Maquiagem, Viagens, Maternidade e ainda fala um pouquinho de Tecnologia? Você pode ser Slashie! Esse termo é o novo “multi-tarefa” – porém, com uma ideia um pouco mais abrangente porque não é um termo para uma habilidade e sim para uma nova maneira de viver. Iniciado na geração dos millennials que não nasceram na era da computação, porém, tiveram contato com a tecnologia desde pequenos.

Isso acabou desenvolvendo novos hábitos e percepções – começou a ser possível trabalhar com a tecnologia em prol da produtividade, não é mesmo? E com isso pudemos ter o trabalho dos nossos sonhos por meio das novas profissões e por conta da facilidade, quase todo mundo tem mais de um trabalho hoje em dia! Isso é, em suma, ser slashie!

Você Devia Ser Slashie 2

Você tem um bom emprego, uma casa para cuidar, pode ser mãe, esposa, amiga e ainda assim estar sempre por dentro das notícias do dia, ter hobbies e buscar novas opções de trabalho que te dão prazer! Não significa, necessariamente, que seu emprego dos sonhos seja o seu emprego oficial, mas pode se tornar com o tempo – porque hoje temos a sensação de termos menos tempo, mas a tecnologia garante que seja possível realizar várias tarefas em um só dia.

E a maior definição de ser Slashie é não se definir como profissional de uma área específica, mas sim trabalhar com várias coisas – ou seja, formar sua renda mensal com diversos trabalhos que trazem o contentamento profissional dentro, ou não, da mesma área. Um bom exemplo é o meu: sou blogueira, jornalista freelancer, youtuber, tenho uma lojinha no Enjoei, estou em um jornal, um canal de televisão e por aí vai…

O grande truque para conseguir esse estilo de vida é procurar trabalhar em áreas que oferecem serviços remotos e super flexíveis – você monta o seu próprio horário de acordo com os prazos! Assim você consegue trabalhar com as suas paixões e ser bem sucedida – ou seja, o sonho de todos os millenials!

Já viu como é Incrível ser Slashie?

Fotos: Reprodução

 

Gostou do post? Compartilhe:
Facebook