Victor Dzenk

Em seu primeiro desfile no SPFW, o estilista Victor Dzenk, tem como inspiração o cavalo Mangalarga Marchador para sua coleção. Ao fundo, o painel de led traz imagens do equino em um campo, uma linda visão para quem se deslumbrava com os looks na passarela. Todos em perfeita harmonia com a cartela de cores repleta de tons terrosos e prints que remetem à pelagem dos animais.

As peças que se destacaram foram os quimonos franjados que fogem da estampa floral convencional, afinal tem print animal e são gloriosos. Os chapéus são destaque na coleção de inverno, um acessório há muito esquecido na moda brasileira. Apaixonante – assimétricas eu descrevo seu desfile de estreia com todas as referências de um universo em que eu adoro, o mundo equestre.

Pat Bo

A estilista Patrícia Bonaldi fez a estreia de sua segunda marca – Pat Bo nesse primeiro dia de SPFW. Como era de se esperar, os vestidos inteiramente bordados, mas com uma pegada mais jovem e atual. Muitos tecidos encorpados com tramas coloridas marcaram a coleção, muitas vezes com decotes profundos e comprimentos curtíssimos. A beleza do desfile chamou atenção pelo delineador gatinho em bordô e preto – com sombra rosa nas pálpebras – muito feminino, uma ideia para copiar já!

Qual você mais amou?

Fotos: Fashion Frisson
 
 
RODAPÉ SPFW INVERNO 2015 FF
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook