SPFW N46 Osklen Patrícia Viera Torinno Modem João Pimenta 2

O primeiro dia de SPFW N46 foi marcado por grandes iniciativas de sustentabilidade, a primeira delas foi o projeto ASAP (as soon as possible) de Oskar Metsavaht, estilista da Osklen. O desfile foi um manifesto em prol dos mares e oceanos, com muitas referências em navy, esses tons foram os mais fortes da cartela. Vimos muitas peças plissadas cheias de fluidez, peças em tie-dye, crochê como referência às redes de pesca e telas.

SPFW N46 Osklen Patrícia Viera Torinno Modem João Pimenta 3

Em contraponto, Patrícia Viera segue com seu trabalho impecável em couro. Muitas peças com recortes à laser em motivos florais, tramas abertas e até uma certa “fluidez” em seu couro super fininho – dá um movimento extra para peças que jamais imaginaríamos. Os tons terrosos, ao lado dos metalizados como prata e dourado, foram os carros-chefe da coleção.

SPFW N46 Osklen Patrícia Viera Torinno Modem João Pimenta 5

Já a estreia de Torinno por Luis Fiod trouxe novos ares para o SPFW N46, afinal, é uma marca para ambos os gêneros., jovem e irreverente! Entre as cores, teve como foco o laranja, azul, preto e toda a cartela de caquis e terrosos. A marca traz um sportswear refinado, peças versáteis e utilitárias. Estampas corridas em calças joggers e moletons, sem contar o windbreakers que voltaram com tudo! Na passarela, tivemos também a linda Deborah Secco de cabelos curtos e Marlon Teixeira.

SPFW N46 Osklen Patrícia Viera Torinno Modem João Pimenta 4

O segundo desfile da marca Modem no SPFW foi inspirado na arquitetura de Rodrigo Ohtake e suas linhas geométricas que permeiam por toda coleção. Traz peças assimétricas e uma cartela de cores que vai dos terrosos ao branco, passando por pitadas de lilás, azul, verde e metalizado! Os highlights estão nas peças em couro e grandes argolas de metal no passante e nas bolsas – cheias de franjas, amei!

SPFW N46 Osklen Patrícia Viera Torinno Modem João Pimenta 1

Para fechar o dia com chave de ouro, tivemos o desfile da coleção feminina de João Pimenta, que criou uma coleção 100% algodão. Sério, não teve zíper, acabamento, botão, detalhe nenhum que não fosse feito dessa matéria-prima – louvável! Muitas peças com volume, assimétricas e desconstruídas – afinal, é preciso brincar com o moulage quando se trabalha com uma única fibra. Os tons de rosa, amarelo e as listras foram os pontos-alto da coleção!

Qual seu Desfile Preferido no 1º Dia de SPFW N46?

Fotos: Fashion Frisson

Gostou do post? Compartilhe:
Facebook