Na quinta-feira (14), tive a aoportunidade de assistir a 3 desfiles no SPFW! João Pimenta, Jefferson Kulig e Juliana Jabour – três apresentações incríveis com pontos de vista muito diferentes de como deve ser o Verão 2013, porém, todos foram bem interessantes e valem review! Não consegui chegar a tempo do desfile da Osklen, as portas se fecharam no momento em que chegamos à sala de desfile e não entrei!
Mais tarde vem posts de como está a decoração na Bienal, look do dia que eu sei que vocês adoram, looks de quem estava circulando na Bienal e até fotos com famosos! Mas, por enquanto os desfiles que chamaram atenção!
O estilista João Pimenta se inspirou na festa Folia de Reis para sua coleção masculina, típica de Minas Gerais entre dezembro e janeiro. Há um mix de tendências como as referências militares com calças curtas e afuniladas, recortes acinturados e quadril bem marcado. Os tecidos transitam entre as tramas naturais como palha de seda até viscose com fios de linho com uma estética leve e veranil. A cartela de cores contemplou desde os arroxeados, passando por azul, prata, dourado e muito nude para as peças de alfaiataria.
Adorei o começo do desfile em que uma personagem típica da Folia dos Reis entrou caracterizado brincando com a audiência, e também para a decoração da passarela com lâmpadas penduradas e um portal de madeira azul, bem diferente! O desfile foi incrível, bem animado e com modelos de cabelos ora compridos, ora em tamanhos médios arrumados para cima, tudo bem caricato, porém, bonito de se ver.
O desfile da marca inovou nos tecidos para confeccionar suas criações displicentes: usou a tecnologia de seu patrocinador, Novozymes com tecidos enzimáticos como tafetá, seda, algodão e couro. Ao unir a sustentabilidade com a moda, Jefferson Kulig criou peças com movimento , cintura marcada e assimetria em vestidos curtos e longos. As peças que compuseram os looks foram jaquetas, calças de alfaiataria e camisetas.
A cor branco real foi composta especialmente pela utilização de enzimas, ao lado de tons de rosa, preto, caramelo, gelo e tons arroxeados para detalhes. Com uma boa trilha sonora e beleza natural por Cayo Lanza e Mário Nova do Studio W, Jefferson Kulig foi um desfile para se prestar atenção em detalhes!
Ju Jabour é um colírio para os olhos! A coleção é cheia de feminilidade, arrancou suspiros das mulheres que assistiam ao desfile por suas peças bem elaboradas e, ao mesmo tempo, muito usáveis! Baseada na década de 1970, apresenta a elegância e espontaneidade das festas do Studio 54 em blush colours, cinza, tons de coral, azul infigo, off-white, preto e verde militar.
Os vestidos esvoaçantes em seda, peças mais pesadas em tecidos metalizados, lurex e jacquard. A silhueta apresentada é ampla e fluida, usou o hi-lo entre a moda esportiva e looks bem arrumados! Não consegui parar de pensar em como poderia usar aquelas roupas imediatamente, em baladas, festas e até mesmo no dia a dia! Um desfile apaixonante.
João Pimenta, Jefferson Kulig ou Ju Jabour?
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook