Depois de uma semaninha viajando (logo mais, vem vários posts sobre Cruzeiro!) e posts programados, o blog volta com tudo cobrindo o SPFW! Hoje tive a oportunidade de assistir ao desfile do Jefferson Kulig, que é um estilista parceiro do blog, inclusive consegui entrar no backstage para mostrar para vocês!
O esmalte escolhido para manicure e pedicure foi o Nude da Risqué, um tom bem suave para acompanhar a coleção! Os cabelos foram bem lisos com as pontas viradas para dentro, efeito conseguido por bobes grandes no topo da cabeça por Mário Nova. E também consegui falar com o responsável pela beleza/make do desfile: Cayo Lanza do Studio W.

A beleza foi bem clean, de acordo com Cayo Lanza, a ideia foi uma menina romântica e urbana, sua pele é seca e não teve blush porque essa menina pede praticidade. Foi aplicado somente um pigmento (Fairylite) para fazer o make durar bastante e o corretivo usado em um tom abaixo da cor da pele da modelo.

Sobrancelhas bem marcadas, côncavo escuro com toques em bronze e um ponto de luz no meio da pálpebra finalizados com muito rímel. Na boca, foi usado o Pro Longwear da MAC na cor Perennial Rose, aplicado somente no centro e espalhado com os dedos para as extremidades, para finalizar: um pouco de gloss.

O que eu mais gostei de fotografar para vocês foi a parte da produção, as araras com os looks montados, a foto de cada modelo e anotações pertinentes para que tudo dê certo na hora de entrar na passarela! Gostei muito dos detalhes das peças, como as aplicações de voal, o mix de texturas de couro sintético e das flores futuristas. O acabamento também estava bem bonito!

 

E quando as luzes se apagam, o show começa! A coleção foi inspirada nos campos urbanos, em que apenas as flores tecnológicas sobrevivem na modernidade. A ideia é de que o Verão caminha pelo Outono, até chegar no Inverno brasileiro – dá para ver essa evolulção à medida em que os looks aparecem na passarela. A transformação dos tons neutros e pastéis para os tons terrosos, sapatos baixos e despretensiosos e silhuetas pouco marcadas, dando um ar fresh para a coleção.
Vocês curtiram o desfile do Jefferson Kulig?
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook