Com tantos desfiles incríveis rolando nas semanas de moda das principais capitais fashionistas, preciso dizer que o que mais me chamou atenção até agora foi o de Valentino, desfilado hoje (02) em Paris. Depois de tantas coleções com referências bem claras e inspirações pontuais, Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli apresentaram um desfile baseado nas óperas clássicas, cheio de mistério, e com roupas incríveis. 
As silhuetas têm cintura solta com saias em A curtas ou longas, calças com shape reto, alguns macacões curtos e alternância entre mangas compridas justas e mangas curtas largas. O tipo de modelagem difícil, mas que se adapta a muitas silhuetas. 
Todos os detalhes ricos são o diferencial da coleção – há referências indígena, japonesa, étnicas de todas as maneiras – porém, o must da estação é elevar essas inspirações para criar um look bem elegante. As peças são feitas em tecidos com tramas feitas à mão, muitos bordados e ornamentos, assim como mix de texturas entre couro, organza e tecidos pesados. 
As bolsas são todas em couro com franjas em todos os tamanhos e modelos – tenho certeza que as clutches vão ser o próximo hit da estação depois dos modelos studded. Até mesmo as rasteiras têm camafeus belíssimos dourados como ornamento que combinam com os colares de três voltas com o mesmo pingente, anéis, fechos das bolsas e pulseiras – tudo muito rico. Com certeza é um desfile para saborear todos os detalhes, pelo menos para mim, foi um dos mais bonitos e com referências estéticas interessantes até agora.
Curtiram o desfile de Valentino?
Fotos: Reprodução
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook