Como Escolher Lingerie Pensamento 1

As lingeries sempre são um assunto que causa frisson em todas as idades, estilos e mulheres! Afinal, parece que há algo místico entorno dessas peças que devem ser lindas, mas não aparecem porque sempre estão debaixo das roupas, há toda uma questão de mistério – ela esta usando um conjuntinho de renda? É vermelha? É bege e de meia para não marcar o vestido? É de oncinha ou preta? Muitas vezes a lingerie é pensada em somente dois casos: para quem você vai usar (e mostrar! ui!) ou para ser funcional e fazer com que a roupa sirva bem.

Como Escolher Lingerie Pensamento 2

O que muitas esquecem é que nada como uma boa lingerie para nos fazer sentir confiantes! Diz aí quem nunca conseguiu o trunfo de usar um conjuntinho bem no meio da semana, para ir trabalhar, daqueles bem bonitos e não ficou se sentindo incrível o dia inteiro? É bem o pensamento de Elle Macpherson que “Se você está usando uma lingerie que te faz sentir glamourosa, você está na metade do caminho para olharem você.” – é tudo uma questão de se sentir bem, de se vestir para você, afinal as roupas expressam nada mais, nada menos que a sua personalidade.

A lingerie transcende a questão de ser para o outro, na verdade, é para você que ela faz bem, embeleza e agrada. Já dizia Dita Von Teese: “Para mim, lingerie não é sobre sedução, é sobre  ser uma mulher.” Logo, como pode uma mulher extrovertida usar só calcinha bege ou uma menina tímida de conjunto de oncinha? Claro que é preciso ousar e sair um pouco da zona de conforto quando se trata de moda, senão nada disso teria sentido, mas não dá para ser incompatível com o seu estilo. Aposto que depois dessa reflexão você vai pensar duas vezes na hora de comprar e usar sua lingerie né?!

Como você escolhe sua lingerie?

Fotos: Reprodução
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook