O “New Look” de Christian Dior surgiu em 1947 em uma coleção intitulada Corola, mas não adianta, o nome que pegou foi mesmo esse tal de “New Look“. O modelo fez com que Paris se tornasse a capital da moda no período pós-guerra. O tailleur abotoado com cintura de vespa e o que chamamos de peplum nos dias de hoje combinado com saias em comprimento midi – era esta a nova silhueta regente. 
O modelo causou fúria nas feministas que lutaram por anos contra o uso de espartilhos, assim como causou indignação por conta do uso de muito tecido em um período pós-guerra, mas sejam lá quais foram as críticas, foi marcante e revolucionou um período da moda.

Ao acompanhar alguns desfiles internacionais da temporada Fall 2013, notei que muitas marcas (muitas mesmoooo!) apostaram em silhuetas similares ao “New Look“, isso quando as releituras não eram quase que iguais! Repare nas três primeiras modelos – casacos bem acinturados com saias volumosas abaixo dos joelhos – apesar dos tecidos serem diferentes, assim como caimentos e fechamentos das peças, é impossível não lembrar da silhueta.
A menina com saia floral e cardigã de lã da Rochas mostra um bom truque de como conseguir reproduzir o “New Look” com peças que temos em casa. Já na segunda fileira de looks, adoro esse primeiro da Bottega Venetachic e mid-century na medida! Uma representação bem moderna é o p&b da Vika Gazinskaya com saia de couro e camisa branca. E por último, saias com menos volumes e coletes diferentes com cintura bem marcada – uma ótima releitura que devemos adaptar para nosso inverno!
Vocês curtem essa silhueta?
Fotos: Reprodução

Não esqueça de participar do SORTEIO do Fort-Unhas da Shinsei:
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook