Moda a Influência do Digital na Produção e Venda de Produtos Fashion

De acordo com especialistas em marketing de moda, nos últimos anos, o consumidor está monitorando, instigando e inspirando cada vez mais os varejistas na hora de transformar o mercado fashion. Com a internet e a globalização o consumidor passou a ter acesso a produtos do mundo todo, acabando com os as regras de quem ditava o que era importante vestir. “A pirâmide da moda se inverteu e virou múltipla: hoje é a rua que influencia o prêt-à-porter. Não existe mais ‘estar na moda’, o que importa é o estilo”, disse Glória Kalil em seu livro “Chic Profissional”.

Outra mudança no comportamento do consumidor é o acesso à informação. As pessoas não acessam mais o celular apenas para conferir as redes sociais, acompanhar as notícias ou fazer as famosas (e lucrativas) apostas em sites de apostas esportivas, como o 1xbet bônus que vem ganhando caindo cada vez mais no gosto dos brasileiros e oferece inúmeras vantagens aos apostadores. O “novo consumir” busca na moda uma expressão individual, nem que seja com o aval de uma etiqueta, uma marca que o represente bem, que “seja a cara dele”. A pluralidade aumenta o mercado, forma novos nichos e aponta novos comportamentos. Tudo isso exige mudanças na comunicação, na indústria e na forma como se vende moda.

Para quem trabalha nesse ramo, especialização e informática são primordiais para oferecer serviços melhores e diferenciados. Um exemplo de investimento que as empresas tem feito para dar ao consumidor algo que “é a cara dele” é apostar em influenciadores digitais, visto que seus consumidores estão mais presentes nas lojas virtuais do que físicas. Prova de que isso é uma ideia que vem dando é de que as vendas a partir desse marketing chegam a crescer até 300%.

Um levantamento feito pelo Google com mil pessoas de todo o Brasil comprovou isso: 77% dos entrevistados conhecem ao menos um nome de influenciadoras digital deste ramo. E mais de 50% já chegou a comprar algo que a blogueira ou blogueiro indicou por se identificar com o produto e a pessoa que o recomendou.

A moda trás benefícios importantes tanto a nível econômico como a nível social, a sociedade comercial está sempre atenta às nossas necessidades como consumidor, contudo é preciso ter atenção a todas as consequências que dela advêm, como o consumismo e preocupação exagerada com a beleza e estética.

Sendo assim, é possível afirmar que cada vez mais as pessoas buscando inspirações em pessoas autênticas e apostando em uma moda mais democrática, onde é possível vestir o que quer, a hora que quer, sem medo de ser julgado(a).  E a internet tem tudo a ver com isso: conectou pessoas, de todos os lugares, para fazê-las entenderem como a moda não precisa seguir um padrão. Basta usar o que deseja para ser fashion.

[publicidade]

Gostou do post? Compartilhe:
Facebook