Máscara da Beleza Phi Stephen Marquadt 1

O Dr. Stephen R. Marquadt, especializado em cirurgias faciais, atuou por 27 anos na profissão e hoje faz parte da Sociedade de Cirurgiões Bucomaxilofaciais  dos Estados Unidos, desenvolveu um trabalho que deu origem à um tipo de máscara que contém o arquétipo da beleza. Batizada de Máscara Phi, a fundação Marquardt Beauty Analysis, apresentou ao mundo um conceito de como os seres humanos deveriam ser para alcançar a beleza ideal.

VEJA MAIS +++ 7 Tipos de Delineador gatinho!
+++ Evite os Maiores Erros de Maquiagem!
+++ As Melhores Tendências de Maquiagem para o Verão 2017!

Esse padrão não tem relação nenhuma com as etnias, afinal, a Máscara Phi é adaptável a todas as etnias e os estudos comprovam que é uma questão de harmonia dos elementos da face que fazem alguém ser considerado “universalmente belo“. A Máscara da Beleza foi desenvolvida depois de diversos estudos, desde a matemática para desenvolver como seria o formato de um rosto perfeito nos mínimos detalhes, inclusive da teoria dos Arquétipos de Platão e Karl G. Jung a fim de chegar em um resultado que expresse o real padrão de beleza.

O Dr. Stephen R. Marquadt testou essa fórmula em diversos rostos de celebridades atuais para confirmar sua existência, não suficiente, a equipe coletou imagens de rostos desde a antiguidade e muitas faces retratadas seguiam aproximadamente o mesmo esquema da Máscara Phi. Até as divas hollywoodianas têm rostos que se adaptam à máscara da beleza como Marlene Dietrich, Greta Garbo e Marilyn Monroe. Nos dias de hoje temos Dianna Agron e Megan Fox, já Brad Pitt e Angelina Jolie não seguem a mesma proporção – uma prova de que a máscara pode nos mostrar o que é considerado belo, mas não necessariamente é uma verdade universal não é?!

Máscara da Beleza Phi Stephen Marquadt 2

A busca pelo padrão de beleza existe desde o começo da humanidade, como a sequência de Fibonacci em espiral que determina a harmonia de tudo que há na natureza, as intermináveis questões do Belo na Grécia Antiga e até mesmo os experimentos de Leonardo Da Vinci. Claro que na modernidade não podemos nos deixar levar como que esta máscara da beleza seja algo líquido e certo como mais uma fonte de discriminação daqueles que não seguem o padrão (a maioria de nós né!).

Mas sim como uma ferramenta para reconstrução facial devido acidentes, cirurgias estéticas (sempre com moderação) e até mesmo na hora de se maquiar para sabermos quais pontos devemos realçar ou não para ficarmos lindas. De modo geral, vale muito o conhecimento de que a Máscara Phi existe né! E para terminar, um vídeo do rosto antes/depois da Máscara Phi aplicada pelo photoshop, clica para assitir!

Vocês conheciam a máscara da beleza?

Fotos/Vídeo: Reprodução
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook