SPFW N41 Juliana Jabour Lolitta e PatBo 2Juliana Jabour
O documentário “Dogtown and Z-boys” sobre o surgimento do skate nos anos 70 em Venice Beach e Malibu foi o ponto de partida para a coleção super californiana de Juliana Jabour. Nem preciso dizer que a inspiração é a minha cara, né?! Nesse meio de contra-cultura, a estilista propõe um desfile totalmente urbano e esportivo, porém muito romântico com ares vintage!

Duas peças mais vistas foram: a saia midi com pontas assimétricas e a camiseta estampada – de todos os modelos possíveis, ora com mangas sino, ora oversized e até mais longas…mas sempre com estampas vintage bem coloridas. Por cima desse combo, Juliana Jabour apostou na jaqueta bombear mais solta, com punhos ajustados e elástico na cintura! A cartela de cores tem influência pelo movimento design de Memphis, ou seja, muitos tons pastel e grafismos. E se você gostou do desfile, saiba que a maior parte das peças já está à venda no e-commerce da marca, oba!

SPFW N41 Juliana Jabour Lolitta e PatBo 3

Lolitta
Modelagem não se adapta tão bem ao corpo, as roupas são lindas mas não tão funcionais. Ponto alto para os halter tops com super decote lateral, cintura clochard e tiras presas no final com bolas de resina. Os looks são funcionais e podem transitar facilmente do dia para a noite dependendo dos acessórios, principalmente por sua cartela de cores que une a sobriedade dos tons terrosos com já tons em neon do laranja, verde, amarelo e rosa. Uma inovação para a marcas são os tecidos mais fluidos e alfaiataria em lindos coletes oversized que vão ser desejo absoluto na próxima estação!

SPFW N41 Juliana Jabour Lolitta e PatBo 4

Pat Bo

Totalmente diferente de suas coleções anteriores, o desfile de Pat Bo saiu do comum que são os maravilhosos bordados da estilista para looks coloridos com a cara do verão. Com elementos da cultura brasileira e cores da nossa bandeira, Patricia Bonaldi usa as formas da natureza para reforçar o que o Brasil tem de melhor – em tempos de crise, achei até otimista! O mood é super tropical, há estampas de folhagens em tecidos como linho e douchesse, jacquard e jeans em roupas muito bem construídas. Há muitos plissados e vestidos feitos de tule, assim como um modelo de meia-calça da cor da pele, feita em tule, que termina baixo dos joelhos e é coberta de bordados – a peça acompanhou quase todos os desfiles da coleção. Para quem quer um verão colorido e requintado, é um prato cheio!

Qual seu desfile favorito?

Fotos: Fashion Frisson

Gostou do post? Compartilhe:
Facebook