Karl Lagerfeld impressiona novamente na coleção Resort 2013 da Chanel! Com o tema “Versailles na França Socialista”, remonta todo um cenário da corte francesa em seus últimos anos dourados no século XVIII. Com muitas referências à Maria Antonieta, Louis XIV e ao período Rococó, Karl busca inspiração e reinventa os trajes com maestria.
A locação do desfile foi o próprio Palácio de Versailles, para um grupo seletíssimo de convidados. A trilha sonora foi espécie de “Ghetto Royale”, um mix de músicas feito por Michel Gaubert que incluía até trechos de músicas da M.I.A.
A idéia dos looks partiu de muitas tendências do Século XVIII adaptadas a tecidos e técninas do Século XXI, pudemos ver jeans, chambray e até plastificados. Alguns itens como jaquetas de couro envernizadas e tênis também foram reinventados.
Separei alguns looks dos muitos do desfile impecavel de Karl para comentar não somente as tendências que virão, como as que foram reinventadas! Primeiramente, abusaram das Candy Colors em todas as suas nuances, assim como looks all white e muitos tons de azul, a cor das cortes francesas.
Os babados e laços muitos looks, seja em saias inteiras ou em detalhes, deram volume e resgataram o romantismo da época. O uso do volume lateral, adquirido com o uso de paniers no Século XVIII também foi revisitado na saias da coleção.
O uso do Rufo, golas enormes engomada de babados, típica do período, também foi reconstruído em versões menores. A Gola Médici, um tipo de rufo aberto apareceu de modo sutil, dando lugar ao volume ao invés de babados.
As rendas foram adornos de mangas, barras curtas e no corpo dos trajes, assim como a manga presunto, que apareceu em muitos looks. Uma tendência quase que literal foi a do vestido tipo Aberto com recorte frontal, revelando os adornos da saia que fica por baixo da vestimenta, na versão de Karl, revela uma minissaia cheia de bossa.
Não posso deixar de mencionar o tênis com plataforma, uma menção aos chapins, sapatos com plataformas de até 65 cm usados na época! E também das “moscas de beleza”, pequenos pedaços de tecido preto cortados em diversos formatos para adornar os rostos, com a maquiagem Pink em referência clara à Maria Antonieta e as perucas empoadas do Rococó!
Quais foram suas referências favoritas?
Gostou do post? Compartilhe:
Facebook