Filme 50 Tons de Cinza 1Finalmente o filme 50 Tons de Cinza fez sua estreia nos cinemas de todo o mundo na semana passada – para ser mais exata, na quinta-feira (12) e só nesse final de semana já rendeu U$90.7 milhões de dólares só nos Estados Unidos! Ainda mais que a estreia de “Crepúsculo“- a série que inspirou o romance erótico da autora E. L. James. Nem preciso dizer que, gostando ou não, a trilogia virou um sucesso!

Logo que foi lançada, fiz a resenha de 50 Tons de Cinza para vocês aqui no blog, depois também escrevi sobre o que achei da continuação 50 Tons Mais Escuros e confesso que, no meio de tantos outros livros para ler, ainda não terminei 50 Tons de Liberdade, mas está aqui na minha estante e um dia eu leio.

No meio de tudo isso, rolou a estreia do filme – que eu não queria perder por nada desse mundo – mas não comprei ingressos para a pré-estreia, nem para os dias seguintes antecipadamente. O resultado foi que só consegui assistir no domingo passado, na sessão do meio dia, que não tinha ninguém! Bom, dito tudo isso…vamos ao que eu achei!

Filme 50 Tons de Cinza 3

A interpretação de Dakota Johnson como Anastasia Steele é muito melhor que a de Jamie Dornan como Christian Grey – digo isso porque achei que faltou expressões no ator, sei que isso tudo tem a ver com seu personagem, que não demonstra sentimentos, mas achei que faltou atuação mesmo. Já a química dos dois é muito boa, eles combinaram como casal e no final das contas a melhor coisa que fizeram foi apostar em “new faces” para o filme, seria muito estranho ver Emma Watson nas cenas de sexo.

VEJA MAIS: Tudo sobre os protagonistas de 50 Tons de Cinza!

Falando nisso, o filme inteiro tem uma direção de arte incrível – sério mesmo, o filme todo é sexy e várias tomadas comuns tinham uma pitada a mais, tudo muito sensual e erótico. As cenas de sexo em si não são constrangedoras, isso e um alívio para quem pretende assistir com o namorado/marido ou ainda com alguém da família. São de bom gosto, não parece algo que passe no pornTube, por exemplo, apesar de que os dois ficam praticamente nus em muitas cenas!

Filme 50 Tons de Cinza 2

Claro que tem uma boa pitada de BDSM porque o filme trata sobre isso, inclusive o “Quarto Vermelho da Dor” é exatamente como o livro descreve, mas na verdade só uma ou duas cenas acontecem por lá. Na verdade, não são tantas cenas de sexo o longo do filme, souberam explorar muito bem o romance do casal Anastasia + Grey, com todas as fragilidades e dúvidas que ambos tiveram no primeiro livro da trilogia.

Aliás, para mim, uma das melhores cenas foi a que se conheceram no escritório – foi muito fiel ao livro, mas ainda assim com aquela pitada de Hollywood e uma edição incrível que deixou tudo muito tenso e sensual, sabe?! Mas a melhor coisa do filme inteiro foi a trilha sonora – gente, todas as versões eram super sexy, de muito bom gosto e vale até a pena baixar as músicas depois!

De modo geral foi um filme bem produzido, achei que não seria de tão bom gosto e realmente me surpreendi no cinema. Confesso que esperava menos do filme, mas gostei bastante, foi muito fiel ao livro – coisa que muitas leitoras estavam desesperadas para saber – e vale a pena ir assistir sim! Que venham os próximos!

Você já viu 50 Tons de Cinza?

Fotos: Reprodução

Gostou do post? Compartilhe:
Facebook